Informações Gerais

O Ministério da Saúde, através da Coordenação Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (CNPICS)/DAB/SAS, em convênio com a Universidade Federal de Santa Catarina, está oferecendo o curso FORMAÇÃO EM AURICULOTERAPIA PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE DA ATENÇÃO BÁSICA, com o objetivo de capacitar profissionais de nível superior da atenção básica por meio de ensino semi-presencial.

A auriculoterapia é uma técnica de estimulação de pontos específicos da orelha (geralmente por meio do uso de sementes vegetais esféricas aderidas à pele). Ela é  associada à medicina tradicional chinesa, mas nas últimas décadas também  acumularam-se conhecimentos científicos sobre a conexão dessa estimulação com outros locais e funções do organismo.

Na atenção básica, a auriculoterapia tem sido usada em atendimentos individuais e coletivos para diversos tipos de problemas de saúde, após avaliação clínica pela equipe de saúde da família. Ela pode ser usada como tratamento principal ou, mais comumente, em associação com outras terapêuticas, de modo a enriquecer as possibilidades de cuidado acionadas pelos profissionais.

Este curso é dividido em 2 etapas: uma etapa a distancia (EAD) com carga horaria de 75 horas, constituído de cinco módulos sequenciais, e uma etapa presencial, com carga horária de 5 horas, realizada após a finalização da EAD.

As edições do curso são realizadas em diferentes estados do país, com a etapa presencial ocorrendo em municípios-polo regionais.

Quanto aos pré-requisitos para inscrição, os candidatos devem ser profissionais de saúde de nível superior da atenção básica, lotados em equipes de Saúde de Família, unidades básicas ou centros de saúde tradicionais, NASF (Núcleos de Apoio à Saúde da Família), equipes de atenção domiciliar, consultórios de rua, equipes de saúde fluvial e similares, mas são aceitos também  profissionais de  CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) e serviços de reabilitação.

O curso é totalmente gratuito para os profissionais!

Foram realizadas 4 edições do curso em 2016 e 2017, com polos regionais em 21 estados brasileiros, tendo concluído o curso mais de 4 mil profissionais de saúde. 

ATENÇÃO: A INSCRIÇÃO NESTE CURSO É DESTINADA UNICAMENTE AOS PROFISSIONAIS EM ATIVIDADE NA ATENÇÃO BÁSICA DO SUS